Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Ministro da Educação inaugura usina fotovoltaica em universidade de Catalão

A visita de Milton Ribeiro acontece um dia após o primeiro dia de provas do Enem. Há ainda denúncias de interferências do governo Bolsonaro nas questões, com retirada de temas que não agradavam à linha ideológica bolsonarista.
Loading...
Image Main
Fonte: Reprodução Mais Goiás

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, tem agenda nesta segunda-feira (22) para inauguração de usina fotovoltaica e moradia estudantil na Universidade Federal de Catalão (UFCat). O auxiliar de Jair Bolsonaro (sem partido) ainda deve conversar com estudantes de medicina e com o prefeito Adib Elias (sem partido).

A visita de Milton Ribeiro acontece um dia após o primeiro dia de provas do Enem. O certame deste ano foi marcado pela menor adesão em 16 anos. Em Goiás, 130 mil estudantes realizaram o exame, número 38% menor que o registrado em 2020.

Há ainda denúncias de interferências do governo Bolsonaro nas questões, com retirada de temas que não agradavam à linha ideológica bolsonarista.

Visita do ministro da educação a Catalão inclui passeio por moradia universitária

Milton Ribeiro vai à Universidade Federal de Catalão (UFCAT) para inaugurar a Moradia Universitária do Cerrado. O local é um complexo composto por dois edifícios de apartamentos, ambos com quatro andares; estacionamento; quiosque; campo de grama para prática de esportes; além de uma área que abrigará projetos urbanísticos futuros.

As residências, localizadas no Loteamento Copacabana II, têm como público-alvo alunos oriundos de outros municípios que estudam na Federal de Catalão.

A usina fotovoltaica a ser inaugurada também atenderá a Moradia Universitária do Cerrado e iluminação pública com 133 mil lâmpadas LED. A usina terá capacidade de 317 quilowatt pico (KWp), obtida por placas solares.

Assim, a universidade será capaz de produzir 32 mil quilowatt-hora (KWh) por mês. A expectativa é que a medida reduza 49% de gasto com energia elétrica, além de ser utilizado por estudantes para aprendizado.

Agenda política

O Ministro da Educação também tem encontro com estudantes do curso de medicina. Ele ainda tem agenda com o Prefeito de Catalão, Adib Elias às 14h40.


com informações Mais Goiás

Anúncio
Loading...
Image
Anúncio
Loading...
Image