Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Mundo bate recorde e registra 3,6 milhões de casos de covid-19 em um dia

A curva de infecção exponencialmente crescente continua sem efeito no número de mortes, que permanece estável em torno de 7 mil por dia.
Loading...
Image Main
Fonte: Reprodução DM

Em meio à propagação da variante Ômicron do novo coronavírus, o mundo bateu um novo recorde de casos confirmados. Foram 3,67 milhões até a última quarta-feira, 12, segundo números do “Our World in Data”. Esta é a segunda vez que o mundo passa da marca de 3 milhões, de acordo com os dados compilados pelo site. O planeta tem registrado uma média móvel de 2,7 milhões de casos da doença, um dado que vem saltando diariamente desde o final de dezembro, quando a média girava em torno de 700 mil casos.

Já nesta quinta-feira, 13, as redes de saúde de todo o mundo confirmaram quase 3,4 milhões de casos, segundo dados provisórios da Organização Mundial da Saúde (OMS). Apenas hoje foi registrado o mesmo número de contágios que nos primeiros quatro meses da pandemia, elevando o total acumulado de dois anos para 312 milhões. Um cálculo conservador, pois a OMS conta com o fato de que muitos dos casos não foram diagnosticados ou notificados às redes de saúde.

A curva de infecção exponencialmente crescente continua sem efeito no número de mortes, que permanece estável em torno de 7 mil por dia (7,7 mil nas últimas 24 horas).

A OMS reiterou que apesar da predominância de casos não graves na onda atual, a capacidade da Ômicron de causar danos não deve ser subestimada. A entidade também prevê que esta não será a última “variante de preocupação” do coronavírus a ser detectada

A Ômicron, diagnosticada pela primeira vez na África do Sul no início de novembro de 2021, já está presente em 58,5% dos testes realizados pela rede global de laboratórios GISAID, indicando que já é dominante, superando a delta.


com informações DM

Anúncio
Loading...
Image
Anúncio
Loading...
Image