O CANAL DE NOTÍCIAS DO PORTAL CATALÃO
www.catalaonoticias.com.br
categorias

  • 04 de Mar / 2021 - Brasil
    Novo lote com insumos para produção da Coronavac chega ao Brasil
    Expectativa é que o novo lote produza 14 milhões de doses para serem entregues em até três semanas.
    Um novo lote com 8 mil litros de insumos da vacina Coronavac chegou a São Paulo na manhã desta quinta-feira (4). A remessa, segundo o Instituto Butantan, é produzir 14 milhões de doses a partir da matéria-prima. A expectativa é que a entrega ocorra para o governo federal em três semanas.


    Foto: Reprodução Mais Goiás

    O avião saiu de Pequim, na China, e pousou no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, por volta das 6h10. O governador do estado paulista, João Doria (PSDB), o secretário da Saúde paulista, Jean Gorinchteyn, e o diretor do Butantan, Dimas Covas, receberam o material.

    O Instituto fará a etapa final da produção da vacina: envase, inspeção e rotulagem. Na última quarta-feira (3), o Butantan liberou mais de 900 mil doses da Coronavac ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde.

    Desde o último dai 23 de fevereiro, o Instituto calcula que já disponibilizou 4,6 milhões de novas doses da vacina ao governo federal, para realizar a distribuição pelo país.

    O total de imunizantes disponibilizados ao PNI já somam os 14,45 milhões desde o início das entregas, que ocorreu em 17 de janeiro, segundo o governo de São Paulo.

    O Butantan afirma que uma força-tarefa para o envasamento foi realizada e que segue em ritmo acelerado para que as novas doses sejam entregues ao PNI. Uma dessas ações foi dobrar o quadro de funcionários na linha de envase.

    “Até o final de março serão entregues 21 milhões de doses da vacina e, até 30 de abril o número de vacinas disponibilizadas ao PNI somará 46 milhões. O Butantan ainda trabalha para entregar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até 30 de agosto”, disse na última quarta (3) o comunicado oficial do instituto.

    Novas vacinas
    Na última quarta-feira (3), o Ministério da Saúde decidiu adquiri as vacinas da Pfizer e da Janssen. A negociação estava travada devido às condições impostas pelas farmacêuticas tida como inviáveis pelo governo federal.

    A negociação envolve a oferta de cerca de 100 milhões de doses – 9 milhões até junho, cerca de 31 milhões até setembro e 60 milhões até dezembro.

    Já em reunião com a Janssen, a pasta recebeu do laboratório uma sinalização de oferta de 38 milhões de doses. A expectativa é que os acordos sejam formalizados ainda nesta semana.



    Fonte: Mais Goiás

    0
    Comentarios
PORTAL CATALÃO INTERNET SERVICE LTDA
Rua José Saturnino de Castro, 30, Centro - Catalão - GO
(64) 3411-0748
e-mails
SUBIR PÁGINA