O CANAL DE NOTÍCIAS DO PORTAL CATALÃO
www.catalaonoticias.com.br
categorias
    • ENQUETE
      Você é a favor ou contra o cancelamento do horário de verão?
      Selecione uma op��o abaixo.
      A favor
      Contra
  • 13 de Mai / 2019 - Economia
    Ampliação de mineradora pode investir R$ 1,2 bi em Catalão
    Se confirmada, a expectativa é de que dois mil novos empregos sejam gerados
    Em reunião com o governador Ronaldo Caiado, o presidente-executivo da mineradora chinesa CMOC, Steele Li, anunciou projeto de investimento de cerca de R$ 1,2 bilhão para ampliação das atividades da companhia em Catalão, onde já atua há 40 anos. A última ampliação da empresa ocorreu em 2002, ou seja, há 17 anos.

    reunião reuniu o governador Caiado, o prefeito Adib Elias e representantes da empresa (Foto: Divulgação Governo de Goiás)

    Se confirmado, a expectativa é de que dois mil novos empregos sejam gerados durante a fase de ampliação da mineradora, que deve durar dois anos, e outros 500 postos de trabalho sejam criados após a conclusão da obra. “Com estes postos de trabalho e investimentos podemos fazer contribuições para o bem-estar e melhorar a renda do povo goiano”, assegurou o presidente da CMOC.

    Participaram da reunião: o prefeito de Catalão, Adib Elias; e os secretários Andréa Vulcanis (Meio Ambiente), Wilder Morais (Indústria e Comércio), Antônio Carlos Lima (Agricultura) e o presidente da AGR, Eurípedes Barsanulfo.

    A multinacional está instalada em Catalão desde 1970 e atua na mineração, principalmente, com o beneficiamento de nióbio e fosfatos, minerais essenciais para o desenvolvimento de indústrias e para o crescimento da agricultura. A empresa processa, por ano, cerca de R$ 2,3 milhões de toneladas de nióbio na mina de Catalão e, em Ouvidor, município vizinho, outras 10 mil toneladas do mesmo mineral.
    O governador Ronaldo Caiado ressaltou o potencial de Goiás na produção do nióbio, mineral utilizado para atingir grau de sofisticação e qualidade em produtos, principalmente, de informática. “Temos, hoje, uma mina com potencial de ser, se não a maior, uma das maiores no mundo”, enfatizou.

    Após apresentar a empresa, que tem atuação global e é uma das 15 maiores do mundo, com filiais na Austrália, Congo, Europa e China, Steele Li, disse que a empresa quer se tornar uma das melhores empresas do setor no Brasil. O investidor também salientou que a CMOC é constituída com valores como: segurança, saúde, meio ambiente e a área social. “Isso é pilar na nossa empresa. Fazemos as melhores práticas no padrão mundial”, sublinhou.

    Caiado destacou que o Estado está comprometido em oferecer à companhia as condições e também celeridade para que os projetos sejam colocados em prática o mais rápido possível. “Vocês têm aqui uma liga perfeita onde o prefeito Adib Elias é nosso grande parceiro e, como tal, as ações municipais e do Estado se darão em total sintonia e celeridade”, reforçou o governador.

    Para o prefeito de Catalão, Adib Elias, a empresa entendeu que investir em Goiás é importante e “profícuo para a companhia e para nós”. Ele ressaltou a importância da mineração para a cidade e como isso foi fundamental para transformar a cidade a partir da década de 1970. “Entendo que outras empresas se instalaram lá. A Mitsubishi, Suzuki, mas somos o que somos graças ao setor mineral. Não existe um Estado mais rico do que Goiás no setor mineral”, assegurou.

    O secretário de Indústria e Comércio, Wilder Morais, destacou ser muito positiva a ampliação da CMOC, para a geração de emprego e renda para toda a região de Catalão e afirmou que a pasta será parceira da multinacional. “Temos uma Superintendência de Mineração e temos uma equipa técnica altamente preparada, que conhece muito do assunto. Estamos à disposição”, frisou.

    Fonte: SECOM Governo de Goiás

    0
    Comentarios
PORTAL CATALÃO INTERNET SERVICE LTDA
20 de Agosto, 1882, sala 1 e 2, Centro - Catalão - GO
(64) 3411-0748
e-mails
equipe
João Luiz Ribeiro, Bruno Felício, Jefferson Machado, Vinícius Ramos, Sibylle Machado, Laisse Calaça, Juliana Ribeiro.
SUBIR PÁGINA