O CANAL DE NOTÍCIAS DO PORTAL CATALÃO
www.catalaonoticias.com.br
categorias
    • ENQUETE
      A Reforma da Previdência já está valendo. Na sua opinião:
      Selecione uma op��o abaixo.
      A Reforma irá garantir que todos tenhamos uma aposentadoria justa.
      A Reforma é injusta e desnecessária.
      A Reforma beneficia os mais ricos e prejudica os mais pobres.
      A Reforma beneficia os mais pobres e prejudica os mais ricos.
      A Reforma é necessária, porém não é benéfica para o trabalhador.
  • 14 de Out / 2016 - Goiás
    Liminar mantém Concurso da Polícia Civil em Goiás
    Magistrado considerou que haveria prejuízo financeiro caso a prova fosse cancelada
    O concurso da Polícia Civil de Goiás, que estava suspenso, deve prosseguir normalmente após liminar do desembargador da 3ª Câmara Cível, Itamar de Lima, expedida ontem, quinta-feira (13), em Goiânia. O magistrado derrubou a suspensão do processo seletivo por considerar que haveria prejuízo financeiro, caso a prova fosse cancelada.

    Liminar concedida ontem, manteve a realização do concurso da Polícia Civil em Goiás (Foto: ilustrativa/internet)

    A juíza Suelenita Soares Correia, em substituição na 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual, suspendeu o concurso para agentes e escrivães na última segunda-feira (10). A magistrada tomou a decisão por entender que os concursados e o Estado poderiam ser prejudicados, já que o edital se baseia em uma lei que tem sua constitucionalidade questionada.

    Diante da suspensão, o estado de Goiás pediu que a decisão da juíza fosse suspensa com urgência, já que a primeira prova do processo está agendada para o próximo domingo (16). A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) informou por meio de nota que as provas estão mantidas. O local e o horário da prova podem ser acessados clicando aqui.

    Na liminar, o desembargador defende que a primeira fase da prova está muito próxima e o cancelamento dela levaria “a probabilidade de risco ao resultado útil do processo” e causaria “enorme prejuízo financeiro”.

    O Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (Sinpol-GO) informou por meio de nota que “recebeu com perplexidade a decisão do desembargador”. “Embora respeite a decisão do magistrado, o Sinpol tomará todas as medidas jurídicas para que o concurso seja anulado por entender que a Lei estadual 19.275/2016, que criou os cargos, é inconstitucional. O Sindicato reconhece a necessidade de realização de concurso para contratar mais pessoas, mas não com redução salarial (no último certame, o salário inicial era mais de R$ 4 mil) ”.

    G1 Goiás

    0
    Comentarios
PORTAL CATALÃO INTERNET SERVICE LTDA
20 de Agosto, 1882, sala 1 e 2, Centro - Catalão - GO
(64) 3411-0748
e-mails
equipe
João Luiz Ribeiro, Bruno Felício, Jefferson Machado, Vinícius Ramos, Sibylle Machado, Laisse Calaça, Juliana Ribeiro.
SUBIR PÁGINA