O CANAL DE NOTÍCIAS DO PORTAL CATALÃO
www.catalaonoticias.com.br
categorias
    • ENQUETE
      Você é a favor ou contra o cancelamento do horário de verão?
      Selecione uma op��o abaixo.
      A favor
      Contra
  • 06 de Ago / 2019 - Goiás
    Rebelião de Aparecida de Goiânia
    Polícia conclui investigação sobre mortes de presos, mas não consegue identificar todos os autores. Delegado diz que problemas como destruição de materiais apreendidos e falhas na preservação do local dificultaram as perícias. Ao todo, nove internos morreram.

    A Polícia Civil concluiu a investigação sobre as mortes de nove presos durante uma rebelião na Colônia Agroindustrial do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, em janeiro de 2018, mas não conseguiu identificar todos os autores dos crimes. Segundo o delegado Álvaro Melo, houve uma série de problemas que dificultaram as perícias e identificar os criminosos. Apesar disso, alguns detentos foram indiciados.

    A unidade abriga presos do regime semiaberto. Alguns dos mortos tiveram os corpos carbonizados. Além disso, 14 internos ficaram feridos e mais de 200 fugiram. Os crimes aconteceram devido a uma rixa entre grupos criminosos rivais.


    Presos fizeram rebelião na Colônia Agroindustrial, em Aparecida de Goiânia  (foto: Reprodução/TV Anhanguera).

    “Os policiais e servidores penitenciários que contiveram a rebelião e atuaram no dia não fizeram um catálogo das armas apreendidas e também não houve uma preservação do local para ser periciado. Então, não foi possível saber em que cela estava cada arma, quem estava em cada cela, para tentar uma melhor identificação”, disse o delegado.

    Além disso, o local não tem câmeras de monitoramento, o que também dificultou o trabalho de apuração. A polícia tentou ouvir mais de 40 presos que estavam no presídio no dia da rebelião, mas todos se recusaram a falar sobre o caso.

    “Algumas coisas que foram apreendidas, inclusive celulares, foram destruídos. Eles poderiam ter fotos, vídeos, mas não chegaram a ser periciados. Diante de tudo isso, não foi possível elucidar 100% as autorias de todos os homicídios”, completou o delegado.

    Rebelião em presídio deixou celas destruídas na Colônia Agrícola Industrial (foto: Reprodução/TV Anhanguera).


    Apesar de todas as dificuldades, a polícia indiciou alguns presos por homicídio, tentativa de homicídio, vilipêndio de cadáver, destruição de cadáver, motim e tráfico de drogas. Porém, não foi divulgado quantos detentos foram indiciados ao todo e nem os nomes deles.

    O inquérito, concluído em julho, tem cinco volumes e tem mais de 800 páginas. Foram feitas mais de 40 perícias e mais de 50 testemunhas foram listadas.


    Informações: G1. 

    0
    Comentarios
PORTAL CATALÃO INTERNET SERVICE LTDA
20 de Agosto, 1882, sala 1 e 2, Centro - Catalão - GO
(64) 3411-0748
e-mails
equipe
João Luiz Ribeiro, Bruno Felício, Jefferson Machado, Vinícius Ramos, Sibylle Machado, Laisse Calaça, Juliana Ribeiro.
SUBIR PÁGINA