O CANAL DE NOTÍCIAS DO PORTAL CATALÃO
www.catalaonoticias.com.br
categorias
    • ENQUETE
      Você é a favor ou contra a flexibilização do isolamento social?
      Selecione uma opção abaixo.
      Eu sou contra
      Eu sou a favor
  • 13 de Set / 2019 - Goiás
    Seminário: Protagonismo do setor agropecuário em Goiás
    Evento que visa discutir o papel da agropecuário no estado terá a presença do Governador Ronaldo Caiado. Objetivo é mostrar que apesar dos números positivos, o segmento pode avançar em gestão, profissionalização e acesso ao crédito.
    Em Goiás, a agropecuária é uma das principais áreas que impactam a economia das cidades, favorecendo a criação de empregos e o fortalecimento do comércio e da indústria. O Estado se destaca tanto nas atividades pecuária e agrícola, principalmente grãos como soja, milho e sorgo. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram, por exemplo, que Goiás se mantém como o principal produtor de sorgo do país, tendo registrado mais de 895 mil toneladas em 2018, valor 9,5% maior do que em 2017. O Estado também apresenta a maior produção de tomate do Brasil, com a marca de 1,3 milhão de toneladas produzidas no ano passado. 

    Apesar dos números positivos, especialistas econômicos, jurídicos e agropecuários avaliam que o setor pode avançar mais em temas como profissionalização corporativa, proteção patrimonial, planejamento sucessório, captação e acesso ao crédito, gestão financeira, renegociação de dívidas, entre outros. Com o intuito de orientar produtores rurais, empresários e empreendedores do setor, profissionais ligados à agropecuária e demais públicos a respeito desses temas, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), junto com as jurisdicionadas – Emater, Agrodefesa e Ceasa -, realiza no dia 13 de setembro, das 7h30 às 17 horas, em Goiânia (GO), o Seminário ‘O Protagonismo do Agro em Goiás’.

    Com a participação do governador Ronaldo Caiado e de profissionais renomados do ramo jurídico, administrativo e econômico, o evento apresentará uma série de ferramentas essenciais para a promoção e a profissionalização da atividade rural, que permitirão vencer o desafio da sucessão familiar, otimizar gestão, ampliar competitividade, além de melhorar as relações entres empresários rurais, órgãos de regulação e Estado. Dessa forma, a expectativa é proporcionar ganhos expressivos de produtividade, ampliando a contribuição para a economia do Brasil.

    O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, será o anfitrião do evento. Segundo ele, a agenda faz parte das iniciativas da Seapa para fortalecer o setor. “O agronegócio é a cadeia que move o Estado e precisa estar em desenvolvimento contínuo. Por isso, proporcionar momentos de aprendizado que envolvem toda a cadeia produtiva é fundamental para garantir que o setor continue trazendo desenvolvimento social e econômico não só para os goianos, mas para todo o País”, destaca.




    Reflexo da geopolítica

    Considerada o setor que mais se destaca na economia estadual, a agropecuária é diretamente impactada por desdobramentos econômicos e políticos mundiais. É o que afirma o economista-chefe para Brasil do BTG Pactual, Cláudio Ferraz, que compartilhará os cenários e perspectivas do agronegócio com produtores, empresários rurais e representantes de entidades do agro durante o seminário. Olhar para o cenário global e traçar as perspectivas do agronegócio são duas atitudes fundamentais para que o produtor organize seu planejamento de curto, médio e longo prazo. “Os cenários econômico e político podem ter repercussão no agro, daí a importância da avaliação internacional”, destaca Ferraz. Entre os desdobramentos, estão a inflação, taxas de juros e câmbio, por exemplo. O economista ressalta que um cenário de crescimento gera renda, aumento de consumo e impacto na economia doméstica. “Essas variáveis podem impactar os principais setores da economia, incluindo o agronegócio”, informa.

    Vantagens da profissionalização

    Por ser tradicional e na maioria dos casos passada de geração em geração, a agropecuária, em algumas situações, ‘peca’ pela falta de investimentos em profissionalização, prejudicando o desenvolvimento corporativo. “Há instrumentos jurídicos que permitem ao empresário proteger o patrimônio pessoal, sem misturar com o empresarial, para que em momentos de crise na empresa ele não seja prejudicado”, revela o advogado Lauro Augusto Pinheiro, que irá abordar as formas de proteção patrimonial e planejamento sucessório relacionados a atividade rural durante o evento. Segundo Pinheiro, há meios de superação dos desafios de sucessão patrimonial no agronegócio, mesmo que os sucessores não participem da gestão empresarial. Além disso, esses instrumentos também colaboram com o desenvolvimento do negócio de forma ampla, independentemente da questão sucessória.

    Essa profissionalização, inclusive, pode trazer vantagens do ponto de vista tributário. É o que explica o advogado Rafael Figueiredo, também palestrante do Seminário. “Muitos produtores preferem não profissionalizar e mantém os negócios em nome da pessoa física, sem organização profissional, considerando apenas o tratamento mais benéfico para a pessoa física do produtor. Mas isso nem sempre é vantajoso. É possível criar uma empresa e não ter um aumento de encargos considerável, e também pode ser que se tenha algumas vantagens tributárias”, destaca. Diferentemente do imaginário coletivo, a criação empresarial não é necessariamente maléfica. “Essa migração não deve ser temida”, arremata. Figueiredo destaca que a postura de não profissionalização corporativa não é específica do pequeno produtor ou agricultor familiar, mas permeia o setor como um todo. “Alguns, mesmo com grandes receitas, continuam com formato de pessoa física, e não pessoa jurídica”. A legislação tributária permite que se encontrem alternativas específicas para cada caso.

    Programação

    7h30 - Credenciamento
    8 horas – Abertura
    - Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto
    8h30 – Painel 1: Cenário e perspectivas do agronegócio
    - Cláudio Ferraz – economista chefe do BTG Pactual
    9h50 – Painel 2: As vantagens da profissionalização corporativa da atividade rural
    - Proteção patrimonial e planejamento sucessório, com Lauro Augusto Pinheiro – sócio da Pinheiro Advocacia e Consultoria
    - Governança corporativa e captação de crédito, com Fabiana Balducci – sócia do Makalu Partners
    - Profissionalização e impostos, com Rafael Figueiredo – sócio da Costa Oliveira Advogados
    11h50 – Almoço
    14h00 – Participação do governador Ronaldo Caiado
    14h30 – Painel 3: Gestão Financeira no Agro: Desafios e Oportunidades
    - Acesso a fontes alternativas (e mais vantajosas) de financiamento, com Vinícius Vieira – sócio da GVF Partners
    - Mecanismos extrajudiciais de renegociação de dívidas, com Paulo Tavares, sócio da 2Par Consultoria
    - Mecanismos judiciais de renegociação de dívidas, com Diego Montenegro – sócio da Diego Montenegro Advogados





    Seminário “O Protagonismo do Agro em Goiás”
    Data: 13 de setembro de 2019 (sexta-feira)
    Horário: 7h30 às 17 horas
    Local: Auditório da Seapa – Rua 256, nº 52, setor Leste Universitário, Goiânia (GO)
    Inscrições: https://www.sympla.com.br/seminario-protagonismo-do-agro-em-goias__605976
    Mais informações: (62) 3201-8952 / 8925
    Realização: Seapa, Emater, Agrodefesa e Ceasa
    Apoio: Pinheiro Advocacia e Consultoria, Diego Montenegro Advogados, GVF Partners, 2Par e TMA Brasil



    Comunicação Setorial da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).
    Comunicação - Contatos da Seapa, Agrodefesa, Ceasa Goiás e Emater
    Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa): (62) 3201-8909
    Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa): (62) 3201-3546
    Centrais de Abastecimento do Estado de Goiás (Ceasa Goiás): (62) 3522-9000
    Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater): (62) 3201-8767

    -- 
    Comunicação Setorial da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa)
    (62) 3201-8909

    0
    Comentarios
PORTAL CATALÃO INTERNET SERVICE LTDA
20 de Agosto, 1882, sala 1 e 2, Centro - Catalão - GO
(64) 3411-0748
e-mails
SUBIR PÁGINA