O CANAL DE NOTÍCIAS DO PORTAL CATALÃO
www.catalaonoticias.com.br
categorias
    • ENQUETE
      Você é a favor ou contra a flexibilização do isolamento social?
      Selecione uma opção abaixo.
      Eu sou contra
      Eu sou a favor
  • 26 de Jan / 2012 - Moda e Beleza
    Ministro da Saúde libera verbas para as emergências
    Um dos principais problemas da saúde na grande Goiânia é a falta de vagas em UTI
    O ministro da Saúde Alexandre Padilha visitou a capital goiana nesta quarta-feira (25). Ele foi assinar um convênio com o governo estadual no valor de 6,5 milhões, para implementar o programa SOS Emergências no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) e anunciar a liberação de R$ 12 milhões em equipamentos para a Maternidade Dona Iris, administrada pela prefeitura.

    Hospital de referência em urgência e emergência no estado, o Hugo vive atualmente uma situação crítica, com problemas de infraestrutura, falta de médicos e equipamentos. O ministro garantiu a liberação de R$ 3,5 milhões para a estruturação imediata da unidade.

    Desses R$ 3,5 milhões, R$ 1,5 milhão é destinado à reforma física do hospital e já está na conta do fundo estadual de saúde. "Há 21 anos existe o Hugo e nenhuma reforma mais estruturante foi feita", afirma o ministro. O Programa SOS emergências tem como objetivo ajudar estados e municípios a prestar um atendimento mais humanizado aos usuários da saúde pública.

    Aproximadamente R$ 1,3 milhão será destinado à compra de equipamentos e R$ 200 mil para a criação de um núcleo de capacitação. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, os projetos para a utilização da verba já estão prontos. Os R$ 3 milhões que completam o valor anunciado serão divididos em 10 repasses mensais no valor de R$ 300 mil.

    UTI neurológica

    Um dos principais problemas da saúde na Grande Goiânia, a falta de vagas em Unidades de Terapia Intensiva, poderá ser amenizada, de acordo com Padilha. "Uma decisão que nós tomamos hoje em relação ao Hugo é que parte desses investimentos será exatamente para abrirmos uma unidade de leitos de UTI", garantiu.

    A novidade anunciada pelo ministro é a reestruturação da UTI neurológica, com leitos específicos para pacientes de derrame e esquemia cerebral. Atualmente as unidades intensivas dos Hugo não separam pessoas com problemas neurológicos e vítimas de acidentes.

    Sem água

    A visita ao Hugo foi marcada por um incidente. Os pacientes da ortopedia tiveram de ser dispensados por causa de um problema no encanamento. O jovem Jackson Morais esperava por um exame de raio x e ficou indignado: "Eu estou aqui desde as 6h. Estragou o cano. Está concertando o cano, mas o médico tem que ir embora. Marcou para o dia 8". Em entrevista coletiva, o governador Marconi Perillo classificou o episódio como "um azar".

    Nesta manhã, o ministro também visitou as obras de reforma e ampliação do Hospital e Maternidade Dona Iris, na Vila Redenção. Ele anunciou o repasse de R$ 12 milhões à unidade especializada em saúde da mulher. O dinheiro, segundo o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, servirá para a compra de equipamentos.


    Fonte: G1/GO

    0
    Comentarios
PORTAL CATALÃO INTERNET SERVICE LTDA
20 de Agosto, 1882, sala 1 e 2, Centro - Catalão - GO
(64) 3411-0748
e-mails
SUBIR PÁGINA