O CANAL DE NOTÍCIAS DO PORTAL CATALÃO
www.catalaonoticias.com.br
categorias
    • ENQUETE
      A Reforma da Previdência já está valendo. Na sua opinião:
      Selecione uma op��o abaixo.
      A Reforma irá garantir que todos tenhamos uma aposentadoria justa.
      A Reforma é injusta e desnecessária.
      A Reforma beneficia os mais ricos e prejudica os mais pobres.
      A Reforma beneficia os mais pobres e prejudica os mais ricos.
      A Reforma é necessária, porém não é benéfica para o trabalhador.
  • 01 de Jan / 2019 - Segurança
    Após seis anos, desaparecimento de adolescente segue sem desfecho
    Polícia acredita que Priscila Brenda foi morta, apesar de o corpo nunca ter sido achado. Delegada indiciou namorado da vítima e amigo dele pelo crime, mas ambos aguardam julgamento em liberdade.
    Passados seis anos, o caso envolvendo o desaparecimento da adolescente Priscila Brenda Martins, de 14 anos, em Pires Belo, distrito de Catalão, região sudeste de Goiás, segue sem conclusão. A Polícia Civil não tem dúvidas de que ela foi morta e indiciou o namorado dela, Paulo Vitor Azevedo, 25 anos, e o amigo dele, Claudomiro Marinho Júnior, de 26, pelo crime, embora o corpo nunca tenha sido encontrado. Ambos respondem ao processo e aguardam julgamento em liberdade.

    Priscila foi vista pela última vez no dia em que sumiu, em 11 de dezembro de 2012, entrando no carro do namorado.


    Foto Reprodução

    A defesa de Paulo Vitor disse à TV Anhanguera que não vai se pronunciar sobre o caso. Já a emissora e o G1 não conseguiram localizar o advogado de Claudomiro. Em outras ocasiões, os próprios presos e os advogados negaram que a dupla tenha cometido o crime.

    A mãe da menina, a comerciante Luciene Pereira da Silva Martins, disse que não vai descansar até que os responsáveis sejam punidos.

    "[Eles] têm que pagar por isso. Não pode ficar impune. Quantas mocinhas, quantas meninas que têm aí nesse mundo, imagina se ele fizer o mesmo que ele fez com a minha menina? Ele pode fazer com qualquer uma aí porque ele está a solta. Isso não pode acontecer. Quero justiça, ele vai ter que pagar por isso", desabafa.

    Os dois suspeitos foram presos em 2014, mas foram soltos. A delegada responsável pelo caso, Alessandra Maria de Castro, indiciou a dupla por homicídio e ocultação de cadáver. Ela afirma que mesmo passados 6 anos do desaparecimento, ainda faz buscas para tentar encontrar o corpo.


    G1

    0
    Comentarios
PORTAL CATALÃO INTERNET SERVICE LTDA
20 de Agosto, 1882, sala 1 e 2, Centro - Catalão - GO
(64) 3411-0748
e-mails
equipe
João Luiz Ribeiro, Bruno Felício, Jefferson Machado, Vinícius Ramos, Sibylle Machado, Laisse Calaça, Juliana Ribeiro.
SUBIR PÁGINA